Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 17 de dezembro de 2018 Hora Certa 12h18

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Veja também

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

19/11/2018 09:20:00

Carlos Ghosn, presidente da Renault-Nissan, é preso por fraude fiscal



Título: Carlos Ghosn, presidente da Renault-Nissan, é preso por fraude fiscal
Publicação: UOL
Autor: Nicolas Tavares
Data: 19/11/2018

Em poucas horas, Carlos Ghosn foi de salvador da Renault-Nissan a vilão. O brasileiro, que comandava tanto a Renault quanto a Nissan, foi preso por uma denúncia de fraude fiscal, tendo declarado um salário menor do que o real por diversos anos, além de aproveitado o dinheiro da empresa para uso pessoal. A notícia, revelada pelos jornais Asahi e Yomiuri, fez com que a Nissan anunciasse que estava investigando o executivo há meses e que fará uma reunião de emergência da diretoria para remover Ghosn de seu cargo.

A Nissan diz que recebeu uma denúncia e que iniciou uma investigação interna tanto sobre Ghosn quanto Greg Kelly, diretor de recursos humanos. “A investigação mostrou que, por muitos anos, tanto Ghosn quanto Kelly declararam rendimentos para a Bolsa de Valores de Tóquio abaixo do valor real”, disse a fabricante. Além disso, a montadora ainda descobriu “diversos atos de má conduta” incluindo uso pessoal dos ativos da empresa.

De acordo com o jornal Asahi, promotores estão conduzindo uma operação de busca e apreensão na sede da Nissan. Já a publicação Yomiuri disse que, após ser questionado pelos promotores, Ghosn foi preso. A fabricante adianta que enviou as informações colhidas na investigação interna para as autoridades e está cooperando com as investigações. Além disso, fará uma reunião com a diretoria da Nissan nesta segunda-feira para remover o executivo do cargo de presidente. Ghosn ainda ocupa o mesmo cargo na Renault e Mitsubishi, que ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Brasileiro com descendência libanesa e francesa, Ghosn começou a carreira na Michelin, subindo nas fileiras até tornar-se COO da operação na América do Sul em 1985 e, em 1990, assumiu o cargo de CEO da marca para a América do Norte. Em 1996, foi recrutado pela Renault como vice-presidente executivo e ainda liderou a divisão na América do Sul da marca. Seu trabalho fez com que a empresa voltasse a lucrar em 1997.

Quando a Renault e a Nissan fizeram uma aliança, Ghosn foi apontado como COO da Nissan em 1999, subindo para presidente apenas um ano depois. Seu plano para recuperar a fabricante japonesa fez com que, em três anos, a Nissan eliminasse a dívida de mais de US$ 20 bilhões e passasse a operar com uma margem de lucro acima de 9%, mais do que o dobro da indústria na época. O bom resultado fez com que fosse nomeado presidente também da Renault e, posteriormente, da Mitsubishi.

Manter o elemento P

Ver todas as notícias


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 91,45.
Para pensionistas: R$ 68,59.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]