Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 18 de setembro de 2019 Hora Certa 06h57

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Veja também

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

04/09/2019 17:51:00

Encontro da Unafisco em Bonito/MS encerra com flutuação em nascente azul e palestras

Confira o álbum de fotos



O terceiro e último dia de programação do 20º Encontro Regional da Unafisco, em Bonito/MS, ocorreu em 31/8. Assim como no dia anterior, houve muito tempo livre para curtir a natureza. O sol radiante parecia um convite aberto para se lançar nas águas cristalinas da região. Convite feito, convite aceito. Mesmo sem saber nadar e nenhum GPS na mão, muitos encararam a trilha que passa por cachoeira, tatu, tamanduá, abelha, macaquinho e até por uma pequena e histórica central hidrelétrica. Tudo para chegar à Nascente Azul, com o objetivo de fazer flutuação em águas que foram filtradas por rochas carbonáticas do Grupo Corumbá.

No álbum de fotos desta notícia você encontra imagens de todos os momentos. Vemos o início, a vestimenta das roupas especiais para flutuar, vemos imagens do breve treinamento na água e, finalmente, da flutuação propriamente dita.

Como tudo é deslumbrante, a diretora de Eventos Associativos, Recreativos e Culturais da Unafisco, Nélia Cruvinel Resende, até encaminhou um vídeo curto que registra a experiência da flutuação. Dê um mergulho, aqui. Tão logo os associados saem da água, um pica-pau (há foto dele no álbum) começa a bicar a árvore localizada bem em frente do grupo — parece o sinal de que devemos voltar.

Dali, o grupo volta a se encontrar com os que optaram por ficar no balneário, que é formado por um lago de águas correntes da nascente do Rio Bonito, com várias espécies de peixes. Ali também há tirolesa, cascata e uma ponte suspensa sobre o lago, entre outros destaques.

Apresentação de Convênios. O diretor de Convênios e Serviços da entidade, Carlos Alberto Ramos G. Pacheco, iniciou a apresentação dizendo que sua pasta é uma área antiga na entidade, que conta com um leque de 400 empresas em diversos segmentos. Um dos primeiros benefícios que a Unafisco disponibilizou aos seus associados, de acordo com Carlos Alberto, foi o serviço de Fiança Locatícia, que é mais facilidade na hora de alugar imóvel residencial.

Em seguida, o diretor colocou em relevo o Consórcio de Veículos da Unafisco, que se destaca por ter uma taxa de administração de apenas 5%. “Ao final de 50 meses, se você não foi sorteado ou não deu lance, você irá retirar o carro e todos do grupo recebem, em média, três prestações, que correspondem ao que pagaram a título de fundo de reserva.”

Na área da Saúde há muitos convênios. Carlos Alberto destacou o plano de saúde Unimed/Unafisco com cobertura nacional e planos a partir de R$ 197,61. “A nossa sinistralidade é muito baixa (...) é interessante porque quando fazemos a negociação [com a Unimed] em fevereiro, todos os anos, o que ocorre é que tem que se colocar os números e quais serão os praticados, e todos os nossos números têm sido muito favoráveis.”

Ele ainda falou sobre a OdontoPrev, um dos maiores planos odontológicos do mundo. A rede possui, no Brasil, 28 mil dentistas. O valor individual da mensalidade é de R$ 22,00. “Vinte e dois reais vezes doze não dá 300 reais por ano. Se você tiver que fazer uma limpeza de dente num dentista particular certamente vai pagar mais do que isso.” Duas limpezas por ano são gratuitas para o conveniado, segundo o diretor.

Ele ainda teve tempo para falar sobre a obtenção de crédito consignado no Banco Alfa; sobre a parceria entre Unafisco Nacional e operadora de telefonia celular Vivo, que oferece pacotes especiais. Destacou também o desconto de 8% oferecido pela parceria entre a Unafisco e agência da CVC localizada na Av. São Luís, no centro de São Paulo/SP, sobre o valor líquido dos pacotes de viagens nacionais e internacionais. Para saber mais sobre os convênios oferecidos pela entidade, clique aqui.

Apresentação do Jurídico. O diretor de Assuntos Jurídicos da Unafisco Nacional, Carlos Rafael da Silva, chamou à mesa o presidente da entidade, Mauro Silva. E, antes de iniciar sua fala, o diretor destacou a presença no auditório do ex-diretor jurídico da Unafisco, Valmir da Cruz, que também possui muitos conhecimentos na área para contribuir.

Carlos Rafael disse que, nos últimos tempos, tem havido muitas notícias ruins contra os Auditores Fiscais da Receita. Ele lembrou ainda da reforma previdenciária de 2004, que acabou com a paridade e integralidade, sendo o benefício calculado com base na média de salários recebidos pelo servidor público. “Vai chegar lá na frente, quando você for ver aquele cálculo atuarial, no nosso grupo, se tem integralidade e paridade, daqui a pouco não tem mais ninguém contribuindo, só nós mesmos (...). Então o nosso futuro lá na frente está ruim.”

Pensando nisso, o diretor Carlos Rafael disse haver duas ações judiciais propostas pela Unafisco capazes de servir de contrapeso à referida conjuntura negativa, a saber: as ações de anuênios e de paridade. Segundo Carlos, somente a ação de anuênios correspondendo ao esperado, cobriria o que falta do bônus, fazendo ir para o teto, em vários casos.

O diretor Carlos ainda disse que foi criado um grupo para estudar profundamente a Previdência. O objetivo é analisar “os direitos que a proposta da Reforma da Previdência (PEC 6/2019) está retirando. De modo que, assim que a reforma for promulgada, a entidade já ter um caminho de algumas ações jurídicas para fazer a fim de recuperar coisas perdidas.”

Apresentação das principais ações. Após essa introdução, o diretor jurídico chamou o advogado da Unafisco, Marcelo Bayeh, para apresentar as principais ações da entidade. A primeira ação ventilada pelo advogado foi a da Gratificação de Atividade Tributária (GAT), que existiu de julho de 2004 a julho de 2008. Os beneficiários são ativos, aposentados e pensionistas.

Outras duas ações apresentadas foram as Gifas 45% e 95%. Os beneficiários são aposentados e pensionistas. Nas duas ações a Unafisco obteve liminares, que vigeram por aproximadamente nove meses, para que os associados já conseguissem os valores no contracheque. Portanto, “uma parte do dinheiro os senhores já receberam no contracheque (...).”

O advogado Bayeh ainda falou, entre outras, da ação do Bônus Eficiência/Paridade MP 765/16 (Lei 13.464/17), proposta em 11/7/2017. Foi estabelecida em percentuais distintos para aposentados e pensionistas em relação aos ativos. Esta é uma das ações mais importantes que a Unafisco tem hoje, porém está longe de transitar em julgado. É uma das ações que possui fundamentos jurídicos muitos relevantes para conseguir os direitos dos associados e pode conseguir igualar os valores em relação aos ativos. “Existe ainda uma vantagem jurídica, por assim dizer, e não foi regulamentado o bônus, e, com isso, temos uma parcela a ser fixa paga há muito tempo, facilita mais ainda a demonstração da tese de que esse pagamento não está vinculado a resultados institucionais.”

Evento bem-sucedido. “Este evento foi uma novidade para a região, trouxe novos associados e contribuiu para aumentar a união entre os Auditores Fiscais; nos sentimos privilegiados com a realização deste encontro aqui em Mato Grosso do Sul”, disse o representante da Unafisco no Estado, Maurício Toledo Silvério, que atua ao lado de Hugo de Oliveira.

Novos encontros. Fique atento aos nossos canais de divulgação. A Unafisco Nacional sempre organiza novos encontros, seja no âmbito nacional ou regional. Aguardamos você numa próxima oportunidade!

 

 


Leia também:

Segundo dia do Encontro da Unafisco em Bonito/MS supera todas as expectativas

Começa o 20º Encontro Regional da Unafisco em Bonito/MS

 

Manter o elemento P

Ver todas as notícias


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 95,56.
Para pensionistas: R$ 71,67.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]