Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 18 de outubro de 2017 Hora Certa 07h12

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Notícias Principais

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

11/10/2017 12:52:00

CPIPREV: Estudo da Unafisco ressalta que critério financeiro isolado é incapaz de avaliar sistema previdenciário



A Unafisco Nacional tem o prazer de lançar a Nota Técnica nº 9 intitulada Avaliação Tridimensional dos Sistemas Previdenciários. Este material é importante porque complementa a proposta apresentada pela entidade na audiência pública da Comissão Parlamentar de Inquérito da Previdência (CPIPREV), no Senado Federal, em 21/8. Como não poderia deixar de ser, o presidente e o relator da CPIPREV, senador Paulo Paim (PT/RS) e senador Hélio José (PMDB/DF), respectivamente, já receberam esse estudo.

Durante a leitura da Nota Técnica, os interessados no tema poderão se aprofundar na premissa de que não é aceitável por nosso ordenamento jurídico que o sistema de previdência pública seja avaliado apenas pela sustentabilidade. Tal visão seria limitada demais, lembrando a história dos cegos que tentam descobrir o que seria um elefante. Para um, o elefante era semelhante a uma cobra, porque tocava na cauda dele. Para o outro, ao contrário, o animal era como um tronco de árvore, porque tocava nas pernas dele.

Segundo o estudo da Unafisco, a questão deve ser avaliada de forma tridimensional. Inspirado no Melbourne Mercer Global Pension Index, um índice dos sistemas previdenciários do mundo, organizado pelo Centro Australiano de Estudos Financeiros, a Unafisco propõe a avaliação alicerçada nestes três critérios: conformidade social, sustentabilidade e normatividade.

A conformidade social busca assegurar a dignidade da pessoa humana. Esse princípio eleva a Previdência Social ao status de Direito Fundamental. “A dignidade da pessoa humana está relacionada não somente à garantia de um mínimo existencial, mas também à garantia do mesmo nível de qualidade de vida na fase de aposentadoria que o trabalhador conquistou durante sua vida de labor”, ressalta o estudo da Unafisco.

Por sua vez, a sustentabilidade avalia a viabilidade financeira do sistema. Para tanto, é preciso abrir mão do critério de déficit e superávit, “pois quando analisamos a sustentabilidade por esse ponto de vista, obtemos respostas equivocadas, conforme demonstrado pela Unafisco Nacional em sua Nota Técnica nº 06/2017 a partir da utilização do método de falseamento de teorias, defendido pelo filósofo Karl Popper.” A avaliação verdadeira ocorre por meio da capitalização referencial, “que é um dos sistemas de previdência possíveis, e atualmente está presente em países como Suécia, Itália, China e Rússia. Tal sistema caracteriza-se pela existência de contas individuais, onde são controladas as contribuições dos trabalhadores e empregadores, adicionando-se juros, formando um patrimônio para efeito referencial.”

Por fim, a Nota Técnica aborda o critério da normatividade. É através dele que se verifica a eficiência das leis que regulam a previdência. Também está relacionada à normatividade a avaliação de como está “sendo feito o combate à sonegação, às fraudes e à inadimplência das contribuições destinadas ao pagamento dos benefícios.”

 

Clique no link abaixo para acessar a nota técnica da Unafisco na íntegra.

Avaliação Tridimensional dos Sistemas Previdenciários

 

 

Manter o elemento P

Ver todas as notícias


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 87,30.
Para pensionistas: R$ 65,48.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]