Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 19 de junho de 2019 Hora Certa 09h43

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Notícias Principais

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

07/06/2019 16:18:00

Brasília: Unafisco Nacional se reúne com relator da Reforma da Previdência e entrega Nota Técnica da entidade a deputados



A Unafisco Nacional, representada pelo secretário-geral Luiz Gonçalves Bomtempo, participou de reunião em 4/6 com o relator da Reforma da Previdência (PEC 6/2019), o deputado federal Samuel Moreira (PSDB/SP), em Brasília, para discutir pontos importantes da reforma que afeta os servidores.

O secretário Bomtempo, o assessor parlamentar da Unafisco, Adalberto Valentim, e o presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques, se reuniram com o relator da PEC 6/2019, na sala VIP anexa ao Auditório Nereu Ramos da Câmara. O encontro ocorreu antes do Seminário Internacional sobre a Reforma Previdência que discutiu as experiências de outros países sobre o tema.

Na reunião, eles conversaram com Samuel Moreira sobre a necessidade de se debater uma regra de transição benéfica para quem ingressou no funcionalismo público antes de 2003. Outro tema debatido foi a drástica redução da pensão por morte, que ultrapassa 60% da renda para o cônjuge.

O representante da Unafisco também aproveitou a oportunidade para entregar para o relator e outros deputados a Nota Técnica nº 12, intitulada Estimativa do tamanho do mercado (faturamento) para as instituições financeiras num regime de capitalização financeiras para a Previdência.

Bomtempo explicou para os deputados como foi feito o estudo e mostrou as planilhas de cálculos. Entre os parlamentares que receberam em mãos a Nota Técnica da entidade estão Israel Batista (PV/DF), Paulo Teixeira (PT/SP), Fred Costa (Patri/MG), entre outros.

A Unafisco Nacional vem realizando um intenso trabalho parlamentar em diversos espaços da Câmara dos Deputados. Diretores da entidade têm abordado parlamentares e explicado a importância de subscreverem as sugestões de emendas à proposta de Reforma da Previdência, elaboradas em conjunto pelas entidades que compõem o Fonacate, da qual a Unafisco é integrante. Eles também têm aproveitado, como agora, para entregar os estudos da entidade sobre a PEC 6/2019.

Relator não vê sacrifícios em servidor trabalhar mais dez anos para se aposentar. O deputado Samuel Moreira (PSDB/SP), relator da PEC da Previdência, afirmou mais de uma vez, em palestras e programas de TV, não ver sacrifício em um servidor ter que trabalhar mais dez anos para se aposentar.

Durante uma entrevista ao programa Canal Livre (Band), em 16/5, o deputado utilizou o falacioso discurso do governo de que os servidores têm privilégios para defender a aposentaria por idade.

“Uma pessoa vai se aposentar aos 54, 55 anos ganhando R$ 30 mil por mês de aposentadoria. Ela trabalha até os 65 anos para ganhar esses R$ 30 mil. É sacrifício?”, disse aos entrevistadores do programa.

Dias depois, em uma palestra (veja aqui) na Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), o relator insistiu no mesmo tema e criticou integralidade e paridade de salários de servidores inativos. Ele também falou das queixas que ouve de funcionários públicos que iriam se aposentar daqui dois anos e terão que trabalhar mais dez anos para chegar na idade mínima, de 62 para mulheres e 65 para homens.

“Eu não vejo sacrifícios em uma pessoa, tudo bem fez seus planos, que ganha R$ 35 mil todo mês vai trabalhar até os 65 anos. Depois, vai continuar ganhando R$ 35 mil por mês durante a vida toda”, falou, tentando minimizar a mudança de regras na aposentadoria.

Contraponto. O deputado ignora, em seu discurso, o fato que os servidores não têm privilégios, contribuem todos os meses para a previdência sobre o valor total integral do seu salário, continuam pagando depois de aposentados e não têm Fundo de Garantia para saque no momento da aposentadoria. Em contrapartida, o trabalhador da iniciativa privada, com o mesmo salário, só pode ter o desconto até alcançar o teto máximo da Previdência, de R$ 5.839,45.

Para o presidente da Unafisco Nacional , Mauro Silva, o governo quer fazer crer que o servidor público é a raiz do mal do sistema previdenciário. “O curioso é que, embora a reforma sobre o servidor público seja mais severa, pelo quadro aberto pela própria equipe econômica, o valor estimado do impacto das mudanças no Regime Próprio da Previdência Social corresponde a apenas 9% sobre a economia a que o governo pretende obter em 20 anos”, disse Mauro, em artigo publicado no jornal Valor Econômico sobre a Reforma da Previdência.

Veja  trecho da entrevista do relator da PEC 6/2019 no programa Canal Livre (Band).

 

Manter o elemento P

Ver todas as notícias


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 95,56.
Para pensionistas: R$ 71,67.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]