Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 22 de novembro de 2019 Hora Certa 08h38

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Notícias Principais

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

17/10/2019 08:40:00

PEC na CCJC da Câmara pode extinguir abono de permanência dos servidores



Uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) em tramitação na CCJC (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) na Câmara pode pôr fim ao abono de permanência para o servidor público que já possua os requisitos para se aposentar, mas continua em atividade. De autoria do Poder Executivo, a PEC 139/2015 teve a votação adiada, em 2/10, por falta de quórum, mas o relatório deve voltar em breve à pauta da comissão. A Unafisco Nacional está acompanhando de perto mais esta tentativa de retirar direitos dos servidores e vai pressionar os deputados para assegurar a manutenção do abono.

O abono de permanência é um incentivo concedido ao servidor público federal que já preencheu todos os requisitos para se aposentar voluntariamente, mas fez a opção de permanecer na ativa. Ele pode permanecer em atividade no funcionalismo público até atingir a idade limite de aposentadoria compulsória, atualmente de 75 anos. O abono não é um privilégio, mas uma espécie de estorno que o Estado paga correspondente ao valor da contribuição previdenciária que seria descontada do servidor, caso não possuísse os requisitos para se aposentar.

O relator do projeto, deputado Gilson Marques (Novo/SC), pediu a análise da admissibilidade da proposta de extinção do abono de permanência dos servidores sob a justificativa de não haver mais necessidade de evitar aposentadorias precoces com prejuízo para o serviço público. Segundo ele, a matéria é extremamente simples e o relatório tem duas páginas. “É só análise da admissibilidade. O mérito é de fácil análise, então se a gente puder tocar a pauta e enfrentar a matéria, não há problema nenhum”, afirmou.

A deputada Shéridan Estérfany Oliveira (PSDB/RR) reclamou que a Reforma da Previdência ainda está em votação no Senado Federal e não foi concluída. Ela disse que o seu partido orientou a rejeição do requerimento.  O deputado Alencar Santana Braga (PT/SP) afirmou que de alguma maneira a pauta de extinção do abono de permanência para o servidor público tem a ver com a Reforma da Previdência, em tramitação no Senado Federal. “Entendemos que esse item não tem sentido de estar na pauta de votação, o governo quer tirar o abono dos servidores aposentados que estão trabalhando”, enfatizou Alencar.

Caso seja aprovada admissibilidade pela CCJ, a PEC 139/2015 será enviada para uma comissão especial para análise do mérito da proposta. Depois, seguirá para o Plenário da Câmara para votação em dois turnos.

Manter o elemento P

Ver todas as notícias


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 95,56.
Para pensionistas: R$ 71,67.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]