Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 21 de novembro de 2018 Hora Certa 10h58

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Notícias Jurídicas

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

10/05/2011 15:33:00

Não incide a contribuição social previdenciária sobre o terço constitucional de férias


Comunicação


Comunicação

Recente decisão proferida pelo juízo da 6ª Vara Federal de Brasília concedeu a antecipação dos efeitos da tutela no segundo processo da Unafisco Associação Nacional, proposto em 14/1/2011, para Auditores Fiscais que se associaram a partir de 9/4/2008 (inclusive). Estes, daqui em diante, já gozarão do privilégio de a Administração não efetuar o recolhimento previdenciário sobre o terço de férias, já que a entidade encaminhou recentemente, para agilizar o trabalho, a relação de associados que não poderão sofrer o desconto, por conta da referida decisão.

Em 8/4/2008, a entidade propôs, junto à 11ª Vara Federal de São Paulo, a sua primeira ação sobre o mesmo objeto. Ao sentenciar, o juiz julgou improcedente o pedido da entidade, sob o entendimento de que “o abono de férias do servidor compõe a base de cálculo da contribuição previdenciária por integrar a remuneração, nos termos dos artigos 41 e 49 da Lei nº 8.112, de 1990 e por interpretação sistemática do 13º salário”, limitando esta decisão para associados até a data da sua propositura.

A Unafisco Associação Nacional recorreu da decisão e aguarda pelo julgamento da desembargadora Vesna Kolmar, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região.

Sentença diferente ocorreu com a segunda ação da entidade, que, conforme dito, apresentou sucesso com a antecipação da tutela, vindo a acompanhar os precedentes favoráveis do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Aludido STJ tem se pronunciado pela não incidência de contribuição previdenciária sobre o adicional de férias (AgRg no AgRg no Resp 1123792/DF e petição 7193).

Por sua vez, em caso similar, só que incidente sobre o 13º salário, o Supremo Tribunal Federal (STF) firmou entendimento de que a contribuição previdenciária não é assunto que comporta recurso extraordinário, já que versa sobre matéria infraconstitucional (RE nº 583.029-MG).

A Unafisco Associação Nacional acredita que terá êxito em suas duas ações, pois embora a primeira não esteja apta a produzir efeitos, já que pendente de recurso, a jurisprudência do STJ sobre o assunto traduz pela inviabilidade do desconto.


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 91,45.
Para pensionistas: R$ 68,59.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]