Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 21 de novembro de 2018 Hora Certa 09h35

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Notícias Jurídicas

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

14/07/2015 10:44:00

Nova ação: Reconhecimento do tempo de serviço prestado nas Forças Armadas


Comunicação


Divulgação

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão editou a nota técnica nº 101/2014/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP, em que trata do tempo de serviço de ex-militar ocupante, atualmente, de cargo efetivo.

Referida nota técnica estabelece que “as regras de transição previstas no art. 2º da Emenda Constitucional nº 41, de 2003, e no art. 3º da Emenda Constitucional nº 47, de 2005, não se aplicam aos ex-militares que ingressam em cargo efetivo após a Emenda Constitucional nº 20, de 1998. Em relação à regra de transição prevista no art. 6º da Emenda Constitucional nº 41, de 2003, o marco temporal é o dia 31/12/2003.”

A consequência prática da norma em questão é que a Administração Pública apenas considerará como tempo de serviço público a data de posse no cargo de Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil, desconsiderando o tempo prestado às Forças Armadas.

O entendimento adotado pela Administração Pública viola frontalmente o artigo 100 da Lei 8.112/90 que estabelece que “é contado para todos os efeitos o tempo de serviço público federal, inclusive o prestado às Forças Armadas”.  

Ante o manifesto prejuízo que referido entendimento acarreta aos ex-militares associados à entidade, a Unafisco Nacional propôs ação judicial para que seja reconhecido e contado como serviço público o tempo prestado às Forças Armadas, sendo definido como data de investidura no serviço público a data em que houve o ingresso nas forças armadas, tanto para aqueles que já se aposentaram como para aqueles que estão na ativa.

Além disso, na ação judicial postulamos a condenação da União em danos morais e materiais pelos prejuízos causados com a exigência de um tempo de serviço maior que o necessário para que o associado tivesse direito à aposentadoria, ante a desconsideração do tempo prestado às Forças Armadas.

Há um pedido de tutela antecipada na ação pendente de apreciação pelo magistrado. Assim que houver novidades, informaremos aos associados.


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 91,45.
Para pensionistas: R$ 68,59.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]