Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 21 de novembro de 2018 Hora Certa 09h53

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Notícias Jurídicas

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

03/03/2016 14:50:00

Reajuste 13,23%: Unafisco Nacional propõe ação rescisória



A Unafisco Nacional propôs ação rescisória, objetivando a concessão do reajuste de vencimentos aos associados, no percentual equivalente ao maior reajuste concedido pela Lei nº 10.698/2003 de 2 de julho de 2003, ou seja, 13,23%, a partir de maio/2003.

A propositura da ação judicial se justifica, pois o artigo 37, X, da Constituição Federal estabelece que “a remuneração dos servidores públicos e o subsídio de que trata o § 4º do art. 39 somente poderão ser fixados ou alterados por lei específica, observada a iniciativa privativa em cada caso, assegurada revisão geral anual, sempre na mesma data e sem distinção de índices.”

Em maio/2003, o Governo Federal encaminhou ao Congresso Nacional proposta de reajuste para o funcionalismo público, por meio dos projetos de lei 1083/03 e 1084/03, os quais foram aprovados, dando origem as Leis 10.697 e 10.698 em 02/07/2003 e implementando reajuste no valor de R$59,87 (cinquenta e nove reais e oitenta e sete centavos) para os servidores públicos, ativos, aposentados e pensionistas.

Ao estabelecer um valor fixo para reajuste a todos os servidores públicos, está claro e evidente que houve afronta ao dispositivo constitucional supracitado, pois referido reajuste tem natureza de revisão geral anual e não obedeceu a proporção de reajuste estabelecida no texto constitucional.

Na prática, o valor de R$59,87 representou para os Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil um reajuste equivalente a 1%, ao passo que para os servidores com menor remuneração no serviço público impactou um reajuste equivalente a 13,23%.

Ante o prejuízo suportado pelos associados, a Unafisco Nacional propôs no ano de 2007 ação coletiva objetivando assegurar o direito dos associados. Referida demanda foi julgada procedente em primeira instância, porém a 2ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região deu provimento ao apelo da União, sob o argumento de que a “Lei 10.698/2003 não realizou revisão geral de vencimentos, visando, tão somente, a implantação de uma vantagem pecuniária individual aos servidores públicos” e que “não é dado ao judiciário conceder aumento aos servidores públicos sob pretexto de isonomia, nos termos da Súmula 339 do STF.”

A Unafisco Nacional interpôs recursos aos Tribunais Superiores (STJ e STF), porém sem sucesso, na medida em que ambas as Cortes não vislumbraram estar presentes as hipóteses de cabimento para a interposição de tais recursos. Assim, a ação judicial proposta pela entidade transitou em julgado de forma desfavorável no ano de 2014.

Por entender que no caso concreto houve violação a literal disposição de lei, a qual instituiu o reajuste, e ainda considerando os precedentes favoráveis ocorridos após o transito em julgado de nossa ação coletiva, a Unafisco Nacional propôs ação rescisória.

Esclarecemos que, caso a ação rescisória seja julgada procedente, o reajuste de 13,23% impactará em vantagens financeiras aos associados até o advento do subsídio (julho/2008), de modo que os valores individualizados serão apurados na fase de execução. 


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 91,45.
Para pensionistas: R$ 68,59.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]