Unafisco - Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
São Paulo, 17 de outubro de 2018 Hora Certa 12h18

ÁREA RESTRITAÁREA RESTRITA

esqueci minha senha

Notícias Jurídicas

Tamanho da Fonte    -A   A   +A
  • Compartilhe

  • Imprimir

31/10/2017 11:09:00

MP 765/16: Unafisco Nacional propõe ação judicial para restabelecimento do pagamento dos anuênios e vantagens decorrentes de decisões judiciais



A Unafisco Nacional informa os associados que, em cumprimento ao quanto aprovado na Assembleia-Geral Extraordinária realizada no período de 12 a 14 de junho de 2017, propôs ação coletiva objetivando, a partir da edição da MP 765/16, convertida na Lei 13.464/17, o restabelecimento do pagamento das vantagens remuneratórias pessoais, bem como as vantagens decorrentes de decisões judiciais adquiridas pelos associados previamente à MP 440/08, que à época instituiu o subsídio como forma remuneratória.

Os Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil são regidos pela Lei 8.112/90 (regime jurídico único dos servidores públicos da União), percebendo vencimento básico, gratificações e ao longo de suas carreiras obtiveram os direitos adquirido legalmente previstos, entre suas espécies os anuênios.

Por meio da MP 440/08, foi alterada a forma de remuneração dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil para a remuneração por subsídio, de modo que a Administração, de acordo com o previsto na Lei 11.890/08, suprimiu o pagamento dos referidos anuênios, bem como as vantagens decorrentes de decisões judiciais por serem considerados incompatíveis com o subsídio.

Com a edição da MP 765/16, os Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil deixaram de receber subsídio e voltaram a receber o vencimento básico, nos termos da Lei 8.112/90, não havendo mais, portanto, a referida incompatibilidade. 

O motivo pelo qual a Unafisco Nacional propôs a ação judicial em questão é o fato de que a Administração Pública não vem observando os pagamentos dos anuênios, adquirido até março de 1999, tampouco as vantagens decorrentes de decisões judiciais.  

Esclarecemos que esses dois pontos (anuênios e vantagens decorrentes de decisões judiciais) tratados na ação coletiva não são os únicos direitos adquiridos que a Administração Pública não está pagando para os associados. Como exemplo, citamos os quintos e décimos. Por uma estratégia processual, deliberamos por postular os demais direitos adquiridos em ação própria

Por fim, ressaltamos que formulamos pedido de tutela de urgência, a fim de que os associados possam se valer do direito em questão mesmo no curso da ação, pedido este que foi indeferido em primeira instância sob o argumento de que não é possível a concessão de tutela em ações contra a Fazenda Pública que versem sobre o pagamento de vencimentos ou vantagem pecuniária a servidor público. 


ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]

Valor da mensalidade da Unafisco
Para ativos e aposentados: R$ 91,45.
Para pensionistas: R$ 68,59.

Por gentileza, antes de continuar, responda à questão abaixo:

ALGUM ASSOCIADO O INDICOU PARA SE FILIAR À UNAFISCO?


SIM

NÃO

ASSOCIE-SE À UNAFISCO NACIONAL
[X]