A Unafisco Nacional e o Sindifisco Nacional protocolaram, em 29/12, medida judicial contra acusação difamatória feita aos Auditores Fiscais pela comentarista da Jovem Pan News, Bruna Torlay Pires, na edição de 22/12 do programa “3 em 1”.

Ao comentar a mobilização dos Auditores Fiscais da Receita Federal, em reação aos cortes orçamentários na Receita Federal, a comentarista desferiu uma série de inverdades, além de imputar crimes aos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil. Entre as inaceitáveis falas da sra. Bruna Torlay, estão “(…) muitos agentes da Receita, quando alguém cai na malha fina, ficam esperando a pessoa trazer um presente para eles fingirem que não viram aquela sonegação. É assim que funciona a Receita Federal (…).” Para conferir a íntegra do comentário da sra. Bruna Torlay clique aqui.

Diante da gravidade das acusações irresponsáveis e infundadas e da necessidade de providências imediatas e enérgicas, as duas entidades atuarão conjuntamente, com o objetivo de unir forças para defender a honra de toda a Classe.

A ação é patrocinada pelo criminalista Dr. Odel Antun. Segundo ele, a medida judicial adotada neste momento refere-se a um pedido de explicações, dirigido ao magistrado, sobre as acusações difamatórias, no qual se pleiteia também a retratação. Após a resposta, outras medidas serão analisadas.

Além dos presidentes e alguns diretores das entidades, figuram também como autores da ação Auditores Fiscais lotados e em exercício na malha pessoa física.

Para ler a nota conjunta da Unafisco e do Sindifisco, clique aqui.

Defensa da honra. A entidade tem atuado juridicamente em todos os casos em que a Classe dos Auditores Fiscais é ofendida, desrespeitada e difamada.  Veja aqui outras ações adotadas pela Unafisco em casos semelhantes ao da comentarista da Jovem Pan News.