Recadastramento_5.jpg

A Secretaria de Gestão e Desempenho do Ministério da Economia retomará em 3 de agosto o recadastramento de aposentados e pensionistas da União como prova de vida. A suspensão temporária do recadastramento faz parte das medidas de proteção para evitar o risco de contágio do coronavírus.

A Instrução Normativa 22, publicada em 18/3 no Diário Oficial da União, previa suspensão por 120 dias do recadastramento e das visitas técnicas para comprovação de vida. Como a pandemia ainda não foi controlada, nova portaria determinou a retomada da prova de vida em agosto.

O órgão informou que a suspensão do recadastramento não afeta os pagamentos de aposentadorias e pensões. Mas a decisão não se aplica ao recadastramento de aposentado, pensionista ou anistiado político cujo pagamento do benefício esteja suspenso na data de publicação da Instrução Normativa. 

Os idosos e pacientes com doenças crônicas são os mais vulneráveis à ação e complicações decorrentes do coronavírus, como síndromes respiratórias agudas graves.