Título: Recorde no número de declarações do IRPF é surpreendente, diz Unafisco
Publicação: Correio Braziliense
Autora: Fernanda Strickland
Data: 1º/6/2022

Os 36 milhões de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) entregues à Receita Federal surpreenderam a Unafisco Nacional, uma vez que o crescimento médio do número de declarantes dos últimos cinco anos era de 2,84%. Segundo a entidade, a previsão para este ano era de que esse número subisse para 32.531.882.

“Esse aumento vertiginoso deve-se sobretudo à não correção da tabela, que está defasada em 134,53%”, informou a Unafisco.

“É evidente que esse crescimento exponencial dos declarantes decorre do fato de a massa de contribuintes, particularmente proveniente da classe média-quase-pobre, ter tido uma pequena melhora salarial e ter se visto obrigada a declarar, o que é uma injustiça enorme, já que os grandes contribuintes, os super ricos, não pagam imposto por conta da isenção da tributação da distribuição de lucros”, explicou a entidade.

Ainda de acordo com a Unafisco, o governo deveria atualizar a tabela do IR e isentar quem ganha até R$ 4.465,00 para promover um pouco de justiça fiscal.


Leia também: 

O Globo: ‘A Constituição exige que o Imposto de Renda tenha progressividade’, diz Mauro Silva 

Unafisco no UOL: Recorde de declarações – sem correção da tabela, mais gente tem que pagar IR 

Unafisco na CNN: Receita recebe mais de 36 milhões de declarações do Imposto de Renda 

Extra: IR 2022 – 36,3 milhões de declarações são entregues, 14% a mais do que em 2021.Unafisco critica ‘injustiça fiscal’ 

Unafisco na Mídia: Leão ‘mordeu’ 15 milhões de pessoas a mais por falta de correção na tabela do IR