A Receita Federal paga hoje as restituições do quinto lote do Imposto de Renda 2019. O lote também inclui restituições de outros anos que haviam caído na malha fina e foram corrigidas.

O pagamento será feito na conta bancária indicada pelo contribuinte ao fazer a declaração. Ao todo, 2.703.715 contribuintes deverão receber R$ 3,5 bilhões.

Como checar se a restituição foi liberada?

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita ou ligar para o Receitafone, no número 146. Também é possível checar pelo aplicativo Pessoa Física, disponível para os sistemas Android e iOS.

Valor tem correção monetária?

O valor da restituição do IR é corrigido pela Selic (taxa básica de juros), mas, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização. Os percentuais de correção variam de 3,54% (maio de 2019) a 111,82% (declarações entregues em 2008).

O que fazer se não pagarem?

Caso tenha direito e o valor não tenha sido creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Não estou neste lote. Caí na malha fina?

Se sua restituição ainda não foi liberada, não significa necessariamente que você caiu na malha fina. Ainda faltam dois lotes a serem pagos neste ano: um em novembro e outro em dezembro.

Quando serão liberados os próximos lotes?

A restituição do IR 2019 está sendo feita em sete lotes, no período de junho a dezembro. Veja a seguir o calendário dos próximos pagamentos:

  • 6º lote: 18/11/2019
  • 7º lote: 16/12/2019